Sicredi 1
Prefeitura 2
Prefeitura

Hospital e Conselho de Enfermagem apuram caso de bebê que teria sofrido queimadura durante teste do pezinho

Por Amilcar Bueno em 21/06/2022 às 21:40:07

Família afirma que o bebê sofreu queimaduras durante o procedimento no Hospital do Trabalhador, em Curitiba. Ferimentos teriam sido notados quando o menino já estava em casa. Conselho de Enfermagem vai apurar caso de bebê com queimaduras, em Curitiba

O Hospital do Trabalhador abriu um procedimento para apurar o caso de um recém-nascido que, segunda a família do bebê, sofreu queimaduras ao fazer o teste do pezinho na instituição. A informação divulgada nesta terça-feira (21) pela Secretaria Estadual de Saúde.

De acordo com a pasta, o hospital está levantando informações sobre o que aconteceu e que, em 30 dias, relatório será encaminhado ao setor jurídico da instituição para análise e possíveis desdobramentos do caso.

Também nesta terça-feira, o Conselho Regional de Enfermagem disse que vai apurar o caso. A organização disse que o episódio será julgado, e a profissional envolvida poderá sofrer as penalidades previstas no Código de Ética. A apuração, informou o conselho, é sigilosa.

Pé direito do bebê ficou com queimaduras após teste do pezinho, em Curitiba

Arquivo pessoal

Bebê não parava de chorar, relata avó

O pai do menino, Rodrigo Correia, disse que registrou o caso nesta segunda-feira (20) no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).

A Polícia Civil informou que apura o fato, mas, a princípio, será lavrado um Termo Circunstanciado, pois, por ter sido lesão corporal, não cabe inquérito policial. Testemunhas foram ouvidas.

De acordo com a avó paterna, Scheila Vanessa, após fazer o exame, a criança com dois dias de vida não parava de chorar.

LEIA MAIS: Entenda como é feito o teste do pezinho e quais doenças podem ser detectadas com exame

O neto recebeu alta, mas continuou chorando ao chegar em casa. A avó descobriu que o pé direito do bebê estava com queimado e com bolhas.

“Dói na alma, não era para a gente estar passando por isso. Era um momento feliz. É um verdadeiro pesadelo", disse a avó.

Depois que perceberam o ferimento, a família voltou ao hospital, onde a criança foi examinada e, no dia seguinte, encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal.

O pai contou que, embora estivessem no quarto na hora do teste, ele e a mãe não viram como a enfermeira fez o procedimento. O pai afirma, no entanto, que ela chegou ao quarto carregando um copo com água quente.

“Quero saber como que acabou acontecendo isso, como que ela fez o procedimento exatamente e por que ela levou aquele copo de água, e porque estava tão quente assim”, afirmou o pai.

>> Leia mais detalhes da história

VÍDEOS: os mais assistidos do g1 PR

Mais notícias do estado em g1 Paraná.
Comunicar erro
PREMOLD

Comentários

rashid